Jovem morre após tiroteio na comunidade do Morro da Maloca, em Florianópolis

06/12/2017

Um jovem de 19 anos chamado Matheus com o sobrenome não divulgado e ex-estudante do colégio Daysi Werner Salles, morreu na tarde desta terça-feira após ser baleado pela polícia durante tiroteio na comunidade do Morro da Maloca, na região continental de Florianópolis. Foram encontrados uma pistola e dois carregadores junto ao corpo do homem, além de rádios comunicadores e munições. O material foi apreendido pela polícia.

Foto: Redes Sociais 

Conforme informações repassada pelo batalhão do Continente no fim da tarde, a troca de tiros aconteceu durante uma operação da Polícia Civil na região. Foi necessário acionar apoio da Polícia Militar e, ao todo, participaram da ação 50 agentes de três batalhões diferentes, além do Pelotão do Choque, do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e também da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam).

Houve perseguição e, segundo a Central de Polícia, pelo menos dois homens teriam fugido. A perseguição seguiu até a comunidade do Morro da Caixa, onde foi encerrada. Como o acesso para as duas localidades é feito pela Avenida Ivo Silveira, em Capoeiras, uma das principais da região, por volta das 16h45min, a via precisou ser totalmente bloqueada para trânsito e passagem de pedestres.

No entanto, por volta das 18h, a passagem de pedestres foi liberada. Com a via ainda bloqueada para veículos, o trânsito no local é intenso. Há registro de congestionamento para quem segue na direção Ilha-Continente. Conforme o site de monitoramento Maplink, às 18h50min, havia 34 quilômetros de filas na região da Grande Florianópolis. 

Foto: Redes Sociais / WhatsApp